A chuva em São João de Angolares

27-08-2017

Em São Tomé raramente está o céu limpo. O sol não é uma constante das zonas tropicais, sobretudo de São Tomé. Existe de facto uma grande assimetria na precipitação entre a zona norte da Cidade Capital com menos de 1000 mm de chuva por ano, e a zona central da ilha em que a precipitação pode atingir mais de 5 mil mm de chuva por ano. Ora, justamente no distrito do Caué temos os dois maiores sistemas que estamos a estudar, Malanza na ponta Sul e em São João de Angolares. Na semana passada apanhamos muita chuva. Não foi uma "chuva a potes", foi mais uma "chuva molha biólogos". Daquela grossa, que chove miudinha e constante e ao final do dia estamos molhados que nem pintos. Felizmente no regresso à cidade Capital íamos secando, na parte de trás da carrinha.